VELO-CITY 2018 E O DEBATE DA INCLUSÃO

Entre os dias 8 e 15 de junho, o Rio de Janeiro recebeu dois importantes eventos relacionados a mobilidade em bicicleta, o Bicicultura e o Velo-city.

O primeiro a acontecer foi o Bicicultura. Durante os dias 8, 9 e 10 de junho, ciclistas de todos os lugares do Brasil compartilharam experiências e promoveram o uso da bicicleta nos mais diversos segmentos: cultural, social, política, artística, econômica e ambiental.

Em seguida, do dia 12 a 15 de junho, rolou o Velo-city, maior evento de mobilidade em bicicleta do mundo. Pela primeira vez na América Latina, o congresso veio para discutir o acesso à vida a partir da inclusão social da bicicleta.

Um dos grandes destaques desta edição do Velo-city foi a apresentação de Manuel Araújo, prefeito de Quelimane, uma cidade de 200 mil habitantes em Moçambique. Ele mostrou, através da bicicleta, uma alternativa de emancipação para a população e de solução de problemas sociais e mobilidade.

O evento não foi unanimidade entre todos, um dos problemas evidenciados por cicloativistas foi o alto custo para participar do congresso, indo na contramão do acesso e da inclusão.

Veja como foram esses importantes eventos de mobilidade em bicicleta na videorreportagem de Renata Falzoni.

Assine nosso canal: https://goo.gl/IffdUj

Siga nosso perfil no Instagram: https://goo.gl/qw66S2

Curta a página no facebook: https://www.facebook.com/BikeELegal/

O “Bike é Legal” é um portal na internet sobre ciclismo, mobilidade urbana e sustentabilidade. Acesse: http://bikeelegal.com

Inscreva-se no canal e deixe seu comentário.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *